domingo, 3 de junho de 2012

Desodorante Natural


Muito provavelmente você já deve ter ouvido falar que desodorante antitranspirante pode desenvolver câncer de mama. Bom, ainda não foi comprovado por A+B, mas mesmo a ANVISA já fez uma carta esclarecedora concluindo assim:

"O corpo humano tem apenas algumas áreas por onde pode eliminar as toxinas: atrás dos joelhos, atrás das orelhas, a área das virilhas e as axilas. As toxinas são eliminadas com a transpiração. Os antitranspirantes  evitam a transpiração, portanto, inibem o corpo de eliminar as toxinas através das axilas. Como não saem pelo suor, o organismo deposita-as nas glândulas linfáticas que se encontram debaixo dos braços. A maioria dos tumores cancerígenos do seio ocorrem neste quadrante superior da área da mama, precisamente onde se encontram as glândulas.

Segundo Pasqualete(11), membro do corpo clínico do CEPEM - Centro de Estudos e Pesquisa da Mulher, a notícia divulgada na Internet "quase todos os casos de câncer de mama acontecem no quadrante superior da área do peito, justamente onde os nódulos linfáticos estão localizados e que, mulheres que passam antiperspirantes, logo depois de raspar as axilas , aumentam o risco de incidência de câncer" pode ser esclarecida. Continuou o Dr. Pasqualete: "De fato, a incidência de câncer observada neste quadrante é um pouco maior, mas a explicação é simples.

É justamente ali que encontramos a maior quantidade de tecido mamário e, portanto, é uma área com maior possibilidade para desenvolvimento da doença. É importante lembrar que, a drenagem linfática da mama não ocorre apenas na axila, mas em outros locais, como mediastino e peritônio (áreas no tórax)".

Antitranspirantes contém sais de alumínio que bloqueiam os poros das axilas, impedindo assim, a liberação das toxinas do nosso corpo e como essas toxinas não conseguem sair, formam nódulos próximos a região mamária, a  partir dessa situação a possibilidade de um câncer de mama fica mais evidente.

Em muitos países panelas de alumínio estão sendo banindas, pois através delas o alumínio entra no organismo. Uma vez o alumínio dentro, pode causar desde queda de cabelo à Alzheimer.

A USP tem uma matéria sobre uma pesquisa feita a respeito do alumínio nas panelas.

“A transferência de alumínio em água com sal (10 gramas em 4 litros) foi de 20 miligramas por litro (mg/L) após 3 horas de fervura, quando o admissível seria de 12 a 14 mg/dia. A grande quantidade de alumínio pode trazer vários danos à saúde humana. "Esse metal causa inflamações, seu vapor afeta gravemente os pulmões e há estudos que mostram uma concentração de alumínio no cérebro de pessoas que morreram com mal de Alzheimer."

Como então podemos aplicar um produto que contém alumínio em uma das regiões mais sensíveis do nosso corpo? 

Bom, então vamos lá, vamos comprar algum desodorante sem ser antitranspirante, mas veja só a grande maioria das opções no mercado é antitranspirante, na verdade é bem difícil achar um que não seja. Então que opção temos?

Faça você mesmo!

Essa receita foi encontrada nesse blog, originalmente eles derretem os ingredientes em microondas, o que  é meio contraditório, porque já que vamos fazer um produto natural não faz muito sentido usar radiação nele certo?
Esse desodorante é demais, e muito eficiente, sem falar que é uma delícia usar um produto que você mesmo fez, sabe exatamente como e do que ele foi feito.

Ingredientes:

3 colheres de sopa de manteiga de karité
2 colheres de sopa de manteiga de cacau
2 colheres de sopa de bicarbonato de sódio
2 colheres de sopa de maizena
essência (opcional)

Derreta todos os ingredientes (exceto a essência) em banho-maria, numa panela de ágata ou vidro. Quando estiver tudo bem derretido adicione a essência e despeje nos potinhos.
Nos dias mais frios esse desodorante pode ficar meio duro, mas com o calor do corpo ele derrete facilmente.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...